As Três Graças, divindades da vegetação e da beleza

As Três Graças, divindades da vegetação e da beleza

2 minutos “As Três Graças, divindades da vegetação e da beleza companheira de Apolo”, (ou em francês: “Les Trois Grâces, divinités de la végétation et de la beauté, compagnes du dieu Apollon”), de autor desconhecido é uma pequena escultura em mármore , de 1,19 m de comprimento por 0,85 metros de profundidade, realizado provavelmente no século II d.C. comprada por Napoleão Bonaparte I, em 1807, da Coleção Borghèse “As Três Graças, divindades da vegetação e da beleza”. Louvre. Foto: Antonio Jara. Descoberta no monte Continue lendo

Afrodite ou Vênus de Milo deusa da beleza e do amor

Afrodite ou Vênus de Milo deusa da beleza e do amor

5 minutos Afrodite ou Vênus de Milo deusa da beleza e do amor é uma estátua em mármore de 2.02 metros, realizada por escultor desconhecido, por volta de 100 a.C. Afrodite na mitologia Grega e Vênus na mitologia romana. Descoberto em 1820, por acaso por um agricultor que procurava por pedras para construir um muro no seu terreno, na ilha de Milo, Grécia, (antiga Melos), localizada ao norte do mar Egeu, no arquipélago das Cíclades. Ilha de Milos, Grécia. Google Maps. Chegou em Paris, Continue lendo

Voltaire nu

Voltaire nu

5 minutos “Voltaire nu” que poderia ter sido chamada do: “Triunfo do espírito sobre a fragilidade do corpo” é uma escultura em mármore realizada por Jean-Baptiste Pigalle (1714-1785) em 1776. Obra que quando pronta fez um grande escândalo na sociedade época pela abusada representação do filósofo iluminista. Em 17 de abril de 1770 durante um elegante jantar que contava com alguns representantes da sociedade literária de Paris, entre os quais Denis Diderot (1713-1784) e Jean le Rond d’Alembert (1717-1783), Claude-Adrien Helvétius (1715-1771), barão Von Grimm (1723-1807), Continue lendo

Retrato de um homem, dito Condotiero

Retrato de um homem, dito Condotiero

2 minutos Retrato de um homem, dito Condotiero (em italiano; Condottieri) foi realizado em 1475 pelo pintor italiano, Antonello da Messina (1430-1479), um dos principais introdutores da pintura óleo na Itália. Técnica que aprendeu quando morou na Bélgica, muito utilizado pintor belga, Van Eike (1390-1441) provavelmente pintada sobre painel de madeira de álamo. Condotiero na época renascentistas (seculo XIv ao XVI) era um líder mercenário que comandava milícias de civis, para lutar em defesa de um estado que os pagassem bem. A obra “Retrato Continue lendo

Ártemis e a corça ou Diana de Versalhes

Ártemis e a corça ou Diana de Versalhes

3 minutos Ártemis e a corça (em francês, Artémis à la biche) ou Diana de Versalhes é uma escultura de mármore realizada no século 2 d.C, por autor desconhecido, provavelmente uma cópia de uma estatueta em bronze do século IV a.C, atribuído a escultor ateniense, “Léocharès”, (360 a.C. a 320 a.C.), inicio do período helenístico. Descoberta provavelmente na cidade de Nemi, região do Lácio, na Itália, essa escultura do Louvre foi dado de presente em 1556, pelo papa Paulo IV (1555 a 1559) ao Continue lendo

As Três Graças

As Três Graças

3 minutos As Três Graças ou Cárites, são as deusas da beleza na mitologia grega, representadas nuas, em pé, e graciosamente abraçadas. Geralmente a jovem do centro, sempre aparece de costas para o expectador. Charles-André Van Loo (1763) – Museu de Los AngelesAntonio Canova (1813-1816) – Museu Hermitage Antonio Canova (1815-1817) – Museu Victoria e Albert Seguindo o estilo neoclássico do momento em Paris, Pradier e copiando como Canova também preferiu colocá-las viradas para frente, conferindo assim ao grupo, muita sensualidade e elegância. Uma Continue lendo

Milon de Crotone

Milon de Crotone

3 minutos Departamento de esculturas. França séculos XVII e XVIII. Altura: 2,70 m ; Largura: 1,40 ; Comprimento: 0,80 m. Ala Richelieu / Cour Puget / Nível entressolo / Sala 105. Milon de Crotone foi uma escultura encomendada a Pierre Puget (1620-1695) pelo rei Luís XIV (164-1715) para decorar a ala central do Jardins de Versalhes. Realizado entre 1671 e 1682, com três blocos de mármore de carrara cedido pelo 1° ministro do rei, Jean-Baptiste Colbert (1619-1683). Puget foi um dos maiores representantes da Continue lendo

Sarcófago dos esposos de Cerveteri

Sarcófago dos esposos de Cerveteri

3 minutos Departamento de Antiguidade Gregas, Etruscas e Romanas. Arte Etrusca do século IX ao século I a.C. Altura: 1,11 metros ; Comprimento: 1,94 metros; Largura: 0,69 m. Ala Denon, nível térreo, sala 420. O Sarcófago dos Esposos de Cerveteri (em terracota) foi encontrado em 1845 pelo grande colecionador de obras antigas, o marquês Giampietro Campana (1809-1880), na necrópole da Banditaccia em Cerveteri, o antigo Care. Cidade etrusca mais próspera e a mais densamente povoada, localizada a 40 quilômetros ao norte de Roma. Gravura Continue lendo

Quatro cativos ou Quatro nações derrotadas

Quatro cativos ou Quatro nações derrotadas

4 minutos Departamento de Esculturas da França,  séculos XVII e XVIII. Altura: 2,20 m ; Largura: 2 m; Profundidade: 1,70 m. Ala Richelieu, entressolo, pátio Purget (cours Puget), sala 105. Em 1678, após seis anos de guerra, a paz de Nimega foi assinada entre a França e os países derrotados: Espanha, Holanda, Sacro Império Romano-Germânico e Brandeburgo (parte da Alemanha atual). Um nobre cortesão francês, marechal da França, duque de Feuillade, François III d’Aubussone (1631-1691), teve a brilhante e dispendiosa idéia de homenagear o Continue lendo

“La Crucifixion” – Análise iconográfica da obra de Mantegna

“La Crucifixion” – Análise iconográfica da obra de Mantegna

15 minutos “La Crucifixion” – Análise iconográfica da obra de Mantegna Departamento de Pinturas Italianas. Ala Denon, nível 1, Grande Galeria, sala 710, 712 e 716. O que é uma análise iconográfica? A iconográfica é uma ferramenta de grande importância para os profissionais da área de conservação, restauração, história da Arte e museologia. Ela reflete os sentimentos, e a personalidade do artista como forma de comunicação por excelência. Para compreendermos a mensagem e o significado de uma obra de arte precisamos mais do que Continue lendo